Home » Brasil » Acusados de matar ex-funcionário da Poupex são condenados

Acusados de matar ex-funcionário da Poupex são condenados

Acusados de matar ex-funcionário da Poupex são condenados

O homicídio teve participação da ex-mulher e do filho da vítima e foi cometido pelo namorado da acusada. Corpo foi queimado dentro do carro

O Tribunal do Júri de Ceilândia condenou os envolvidos no assassinato do ex-funcionário da Poupex James de Castro Henriques, 46 anos. O crime ocorreu em janeiro de 2016. De acordo com as investigações, o homicídio teve a participação da ex-mulher e do filho da vítima, e foi praticado pelo namorado da acusada. Os réus foram condenados por homicídio duplamente qualificado, por motivo torpe e por uso de recurso que dificultou ou tornou impossível a defesa da vítima, destruição de cadáver e fraude processual.

Cristiane de Oliveira Henriques, ex-mulher de James Henriques, foi condenada a 21 anos e cinco meses de prisão. Edilon Alves da Cruz, a 15 anos e seis meses de reclusão. Já o filho da vítima, James de Castro Henriques Júnior, pegou uma pena de 16 anos de prisão pela participação do homicídio duplamente qualificado do pai.

O Ministério Público sustentou integralmente a pronúncia. As defesas, por sua vez, articularam as teses de negativa de autoria, insuficiência probatória, necessidade de absolvição, legítima defesa e ausência de qualificadoras. Os jurados, porém, reconheceram a prática dos crimes.

O crime
No dia 12 de janeiro do ano passado, entre 15h e 17h, na QNQ 5, em Ceilândia, Cristiane, Edilon e James Júnior mataram James de Castro Henriques. A vítima foi atraída até a casa da ex-mulher pelo próprio filho.

Ao chegar ao ponto de encontro, James foi atacado por Edilon, que o matou com golpes de faca. A ex-mulher da vítima, Cristiane, estava presente no momento do ataque. O crime foi cometido para conseguir acesso ao seguro de vida do ex-funcionário da Poupex, bem como ao investimento em previdência privada que ele vinha pagando.

No dia seguinte, na QR 615, em Samambaia Norte, Cristiane e Edilon atearam fogo ao veículo em que o corpo da vítima estava. A dupla queria ocultar o cadáver. (Com informações do TJDFT)

Fonte: http://www.metropoles.com/distrito-federal/justica-distrito-federal/acusados-de-matar-ex-funcionario-da-poupex-sao-condenados

About Germano Guedes

Olá Pessoal, Sou Germano Guedes, criador do site “a politica e o poder”. Baiano, morador da Estrutural desde 99, cheguei a Capital Federal para tentar a vida como milhares de outras pessoas. Ao chegar na Estrutural, começei a participar de discussões que visavam a melhoria da qualidade de vida na Cidade. Vi que alguns grupos já formados, ” monopolizavam” os moradores e inclusive, a informação que chegava até a comunidade. Nessa condição, resolvi criar um blog – meio que possibilitaria levar informação as pessoas. Neste canal, soltei o verbo e começei a dizer o que eu realmente pensava sobre o que acontecia na Estrutural. Abordei vários assuntos polêmicos, revelei notícias “bombas” e muitas vezes, tive que desmascarar grupos organizados que não pensavam no interesse da população – como diz o ditado ” era só venha a nós” e a população que se vire. Como Prefeito Comunitário pude participar mais ativamente das ações políticas que discutiam a Estrutural. Lixão, instalação de creches, reabertura de escolas e a regularização de alvará dos comerciantes eram algumas de nossas reivindicações. No ano de 2014, fui indicado pelo meu Partido – PRB – a vaga de administrador da Cidade. Continuo abastecendo o site com notícias e assuntos polêmicos, dizendo realmente o que penso. Porém, agora somos uma equipe e ” A Política e o Poder”, além de abordar assuntos correlatos à Estrutural, terá uma discussão voltada para todo o Distrito Federal, garantido informação e notícias exclusivas a todos os brasilienses que nos acompanham.